Controle de AcessoIdentificação BiométricaLocalização de CriminososReconhecimento FacialReconhecimento Facial 2DSegurançaSegurança AeroportosSegurança FronteirasSegurança NacionalSegurança Portos

EMPRESA BRASILEIRA LANÇA KIT DE RECONHECIMENTO FACIAL PARA OPERAÇÕES MÓVEIS VOLTADAS A SEGURANÇA PÚBLICA, CONTROLE DE ACESSO PREDIAL E EVENTOS

A empresa brasileira 2BFace (www.2bface.com), fabricante de sistemas de segurança baseados em reconhecimento biométrico facial voltados a segurança, controle de acesso e inteligência, lançou nesta semana uma versão móvel de sua plataforma de reconhecimento facial plug-and-playdestinada a operações de segurança pública ou privada, para controle de acesso de locais que necessitam identificar e qualificar quais pessoas são autorizadas ou não a estarem em um determinado ambiente.

Pensando em mobilidade, o KIT 2BFace é formato por um case para transporte, até 2 câmeras desenvolvidas para o reconhecimento facial, cabos e um computador que possui a plataforma 2BFace com uma ou múltiplas bases de cadastros de indivíduos a serem identificados. O mesmo computador emite alertas em caso de detecção de um indivíduo restrito ou apresenta as equipes de segurança a foto e as informações de pessoas autorizadas a acessarem um determinado local.

Conforme Daniel Valler, Diretor da 2BFace, “A solução atende a necessidade de locais em que são necessários um controle mais rígido de acesso por um período determinado, devido a sua fácil e rápida instalação, equipes de segurança podem montar o KIT em corredores, portões, barreireis, estacionamento para operações de segurança ou simplesmente para validar quem pode ou não adentrar em uma determinada área, sala ou prédio podendo remover os equipamentos após o período de uso e instalá-lo novamente onde e quando for necessário“.

A solução ainda pode operar de forma autônoma, ou seja, todas as informações dos indivíduos autorizados e restritos ficam armazenadas no servidor que compões o Kit ou em nuvem, quando existe o aceso a internet para que a solução consulte bases de dados remotas, permitindo a integração com bases de dados de maior porte.